sexta-feira, 12 de abril de 2013

Empresário Iraniano diz ter inventado a "Primeira" máquina do tempo


Iraniano alega ter dominado o tempo com uma máquina que permite seu usuário ir até oito anos no futuro.
Ali Razeghi, um cientista e empresário de Teerã, registrou com o Centro para Invenções Estratégicas, a “Máquina de Viagem no Tempo de Aryayek”.
O aparelho pode prever o futuro em uma impressão no papel, após fazer leituras a partir de um toque de um usuário, disse ele para agência de notícias de seu país.
Razeghi, que tem 27 anos, disse que o aparelho funciona através de um conjunto de algoritmos complexos para “prever de cinco a oito anos no futuro da vida do indivíduo, com 98 por centro de precisão”.
Como diretor  do Centro para Invenções Estratégicas do Irã, Razeghi é um inventor em série, com 179 outras invenções registradas sob seu próprio nome. “Eu tenho trabalhado neste projeto pelos últimos 10 anos“, disse ele.  “Minha invenção é do tamanho de um computador pessoal e pode prever detalhes dos próximos 5 a 8 anos da vida de seu usuário.  Ela não o levará ao futuro; ele irá trazer o futuro até você“.
O empresário diz que o governo do Irã pode prever a possibilidade de um confronto militar com um outro país, e projetar a flutuação do valor das moedas estrangeiras e do preço do petróleo, usando sua nova invenção.
“Naturalmente, um governo que pudesse ver cinco anos no futuro seria capaz de se preparar para os desafios que poderiam o desestabilizar“, disse ele. “Como tal, esperamos comercializar a invenção entre os estados, bem como os indivíduos, uma vez que alcançarmos o estágio de produção em massa.”
Razeghi disse que seu projeto mais recente tem sido criticado por amigos e parentes, devido ao fato dele estar “tentando fazer o trabalho de Deus” para com as vidas ordinárias e a história.  “Este projeto não é de forma alguma contra os valores religiosos.  Os estadunidenses estão tentando fabricar esta invenção gastando milhões de dólares, onde eu já a inventei por uma fração do custo“, disse ele.  “A razão por não estarmos lançando nosso protótipo nesta fase é porque os chineses irão roubar a idéia e produzir milhões delas da noite para o dia.”

0 comentários:

Postar um comentário